Falando sobre escadas.


A verdade é que seus pensamentos andam achando que o errado é você, que se não fosse por você mesmo, estaria bem por aí no mundo.


Poderia ter se envolvido com aqueles pedaços de papel, mas não se envolveu. Poderia ter acreditado naquele copo que te ofereceram quando você precisou afogar as verdades, mas não acreditou. Poderia ter se arriscado. Matado aquele leão com os seus músculos e ficado com a glória toda, mas preferiu virar as costas, ir embora e tentar algo do seu tamanho. Pensou até em sair dançando na chuva, mas sentou e ficou queto para não escorregar e cair, ficar gripado ou não incomodar os vizinhos com um tempero que não existe. Poderia até ter se entregado naquela cama de hospital, mas não, você foi forte e agora está vendo outro no seu lugar. Poderia ter tirado "seis" nos dados, mas tirou "um". Poderia ter sido muito grande, mas preferiu diminuir.


Você escolheu o caminho mais estreito e ainda não sabe a verdade? Não, isso não é injustiça com os tolinhos e também não, não é fé. São só atitudes que mostram que sua fé tende a aumentar e junto com ela você vai crescer.
Tenha uma identidade sólida, cresça e multiplique sem aquele medo de o que você vai pensar sobre você mesmo.
P.s: Galera, to com blog novo, entrem, sigam e sintam-se em casa :

4 comentários:

Rute Vieira disse...

acho que o nosso maior medo é de nós mesmos. por vezes, conseguimos até ignorar o que os outros vão pensar, mas o mais difícil é dizer um "não me importo" pra si mesmo.

não somos só mais um no mundo, não estamos na multidão. somos únicos, e, se estamos no mundo, sabemos bem o que devemos fazer...

babi, que reflexão linda! Deus te abençoe mais e mais!

beijo no ombro, querida

Anônimo disse...

Babi , sou amiga do seu irmão (Léo Leão) ele me recomendou o seu blog, linda você está de Parabéns, quantas palavras lindas adorei,fica com Deus ,bjinhos no s2 Ass:Bruna Pepper

Caio Coletti disse...

Concordo com o que a garota de cima falou. O nosso maior medo vem de nós mesmos. A partir do momento que nos libertamos de nosso próprio julgamento, não agindo sem pensar, mas ajustando a nossa própria consciência de nossos atos, somos capazes de muito mais do que imaginamos. Podemos e devemos aproveitar a vida, o dom de Deus, mas precisamos também agir de acordo com o que pensamos sobre o mundo que nos cerca.

Beijos Babi! :D

vou passar lá no novo blog, pode deixar...

Marvin Cross disse...

Oi, Babi, olho teus textos e fico pensando... Vc compõe canções tb? Algumas de suas linhas ficariam mto boas em versos de músicas.

 
Copyright © Babi Leão